Projeto Telessaúde lança Consultório Virtual no HU-UFMA


Na manhã dessa quarta-feira (16) a Unidade de Telessaúde do Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), projeto apoiado pela Fundação Josué Montello, realizou o primeiro atendimento por meio da plataforma Consultório Virtual. Ela será usada pelos profissionais que atuam no ambulatório e possibilitará a realização de teleconsultas, além de tornar o HU-UFMA pioneiro na rede Ebserh a utilizar uma ferramenta própria para consultas de forma remota.


A primeira consulta foi realizada pela enfermeira Flávia Costa e a psicóloga Cristiane Sousa, do Serviço de Transplantes do HU-UFMA, com os pacientes Carlos Alberto Araújo (receptor) e Ana Araújo (doadora), que estão se preparando para a cirurgia de transplante renal. Ele contou como foi a experiência de ser atendido e orientado de forma virtual. “Achei muito bom. A gente não precisa ir ao hospital e daqui de casa dá para gente se comunicar. Eu particularmente gostei bastante.” disse Carlos.

Flávia Costa destacou a importância dessa plataforma. “Essa ferramenta veio como um grande ganho para o serviço e para o hospital em geral, mas vou falar em particular do Transplante porque somos o único hospital transplantador do Maranhão, então temos pacientes de muito longe e com essa ferramenta a gente vai ficar mais próximo do paciente e ele não vai precisar se deslocar até aqui nesse primeiro momento. Então ela veio para ajudar muito a equipe como um todo e a equipe do Transplante está agraciado e maravilhado com esse momento.”


Para Cristiane Sousa foi uma experiência única que ajudará bastante o hospital. “Temos pacientes do Maranhão inteiro e até de outros estados. A questão do uso da internet facilita muito, tanto a comunicação da gente com o paciente quanto na questão de poder vizualizar a gente, pois ele consegue ter essa familiaridade e criar um vínculo apesar da distância. Além disso, podemos tirar todas as dúvidas e passar todas as informações que ele precisa.”


A criação do Consultório Virtual surgiu dentro da plataforma da Sofiabot – criada para atender a população em questões relacionadas ao novo Coronavírus e que foi utilizada por 23 estados, além do Maranhão – essa seria a terceira etapa, de consulta com os pacientes que tivessem a Covid19. Dentro desse contexto, a nova plataforma surge para colaborar com o HU-UFMA nos atendimentos durante a pandemia e também disponibilizar a Sofiabot para que os profissionais da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) possam realizar teleconsultas com os pacientes da Atenção Básica.

Os testes da nova plataforma aconteceram na semana passada no dia 11/09 com a participação de 12 avaliadores e funcionou de forma excelente, o que validou a nova ferramenta e tornou possível o início do atendimento no dia de hoje.


O Chefe da Unidade de Telessaúde do HU-UFMA, Humberto Serra, conta como funciona a ferramenta. “O paciente recebe em casa o link e faz a consulta virtualmente. E como o HU-UFMA é um hospital de ensino, a intenção é que em cada consulta tenha um professor acompanhando o atendimento do residente ou do acadêmico. Ele poderá intervir, se necessário for, e quem autoriza a entrada ou saída da sala é o professor. Então a exemplo: podemos colocar um professor com quatro alunos e o paciente do outro lado, o que é um ganho muito grande para a instituição. É a tecnologia nos ajudando ainda mais nesse momento em que precisamos manter distanciamento. Podemos dizer que foi algo de bom que a pandemia nos trouxe”, explicou Serra.


A criação, produção e desenvolvimento da plataforma foi toda realizada pela equipe que atua na Unidade de Telessaúde formada por estudantes da UFMA dos cursos de Engenharia da Computação (Augusto Zanoni Frade Souza Santiago, Piercarlo Holanda Guinzani e Rubem Sousa Silva) e de Ciências da Computação (Igor Rafael Barbosa Estrela, Luiz Gonzaga de Souza Penha e Dayvson Wilkson Freitas Almeida) que atuam como bolsistas do projeto de extensão Telessaúde Brasil Redes, e também os profissionais de Ciências da Computação da UFMA: Anilton Bezerra Maia e Sebastião Henrique Nascimento Santos.


Piercarlo Guinzani, desenvolvedor da Unidade de Telessaúde, destaca o que acha de mais importante nessa nova ferramenta e o que ela propiciará ao hospital. “Acho que o maior benefício que essa solução proporciona é a segurança da informação transitada nesse meio, uma vez que as plataformas já existentes oferecem uma solução de videoconferência, de envio de arquivo, de chat, só que não tem segurança. E a gente vem trabalhando para que não ocorra vazamento de dados dessas informações, que são de saúde e pessoais.”


Desde dezembro de 2012, o projeto Telessaúde conta com a apoio da Fundação Josué Montello. Segundo o coordenador Humberto Serra, a FJMONTELLO tem um papel primordial no processo por meio do gerenciamento de toda a parte financeira do projeto. “A Fundação Josué Montello nos dá tranquilidade para não nos preocuparmos com as questões burocráticas e nos preocupar apenas em produzir, criar e inovar, sempre na vanguarda. O apoio que a Fundação nos dá é tão importante, tão tranquilo que nos dá a liberdade para voar cada vez mais”, destacou o coordenador.



Com Informações da Assessoria de Comunicação do HU-UFMA

Por: Alexsandra Jácome

18 visualizações
CONTATE-NOS

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-feira - 8h às 12h / 13h às 17h

 /

LOCALIZAÇÃO

Travessa do Currupira, 42 Centro

São Luís - Maranhão

CEP 65020-560

(98) 2107-7100 / 2107-7101

 

comunicacao@fjmontello.com.br

CONECTE-SE

Concepção e desenvolvimento: João Torres Jr.